quarta-feira, 27 de julho de 2011

Mundo Lusíada faz entrevista exclusiva com Almeida e Silva

.................

..........................

VEJA O VÍDEO>>

video

>>

O presidente do Conselho da Comunidade Luso Brasileira do Estado de São Paulo abriu as portas de sua casa em um residencial na Grande São Paulo, no último final de semana. Antonio de Almeida e Silva concedeu uma longa entrevista ao Mundo Lusíada para falar de sua eterna ligação com o associativismo, uma das suas grandes paixões.
Almeida e Silva chegou com dois anos ao Brasil, em novembro de 1956, a bordo do navio “North King”, cumprindo com meus pais um percurso muito comum na época aos emigrantes portugueses que saiam de Portugal para buscar dias melhores em outras terras. Ao contrário do que pode parecer aos olhos da maioria, Almeida e Silva teve uma infância difícil e pobre, trabalhou desde pequeno, enquanto estudava nos primeiros estágios. Ainda muito jovem trabalhou em como empregado.
Quando adulto fez Faculdade de Direito do Largo São Francisco da USP, porém sempre manteve crescente orgulho de onde veio, bem como da infância, da panificação, por tudo que representa, principalmente para a nossa gente. Em 1976, entrou como um dos seis sócios da Sociedade Mesquita Pereira, Marcelino, Almeida, Esteves Advogados. Tem curso de especialização em direito empresarial pela USP, além de mais de uma centena de cursos e participações de atualização profissional.
Hoje nosso protagonista tem como hobby colecionar livros sobre a história, literatura e a política mais recente de Portugal, além de manter atualizado arquivo sobre as comunidades, em especial da Comunidade de São Paulo. Esse arquivo, com mais de 40 volumes registra de forma cronológica tudo o que se passou nesta comunidade desde 1975, até os dia de hoje.
Os leitores do Mundo Lusíada terão, a partir de agosto, a oportunidade de ler e conhecer mais uma história de sucesso e saber muito sobre o que pensa uma das figuras mais respeitadas da Comunidade Luso Brasileira do Estado de São Paulo. Aguarde.

domingo, 5 de junho de 2011

Show no Asilo - velhinhos imitando o Michael Jackson!

Que bacana ver idosos de bem com a vida e fazendo humor...
Vale a pena - assista o vídeo enviado pra gente hoje pelo amigo Adriano Augusto:
video

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

TROQUE 01 PARLAMENTAR POR 344 PROFESSORES

Nesses dias rolou pela Internet um texto muito interessante sobre a forma que o brasileiro enxerga suas necessidades de vida. Curioso, pensando nas figuras que os eleitores do Brasil elegem, fica até fácil entender essa dificuldade social que existe tão latente no país. Tão quanto importante é a paixão pelo futebol, é também a paixão do professor pela profissão. Porém o custo chega a ser miserável. Enquanto o custo de parlamentares, esse sim, é um maiores do mundo. Ou seja, o ganho para políticos é coisa de primeiro mundo no Brasil. Enquanto o ganho para os professores fica até difícil de qualificar...
"No futebol, o Brasil ficou entre os 8 melhores do mundo e todos estão tristes. Na educação é o 85º e ninguém reclama..."
EU APOIO ESTA TROCA
TROQUE 01 PARLAMENTAR POR 344 PROFESSORES O salário de 344 professores que ensinam, ao de 1 parlamentar que rouba
Essa é uma campanha que vale a pena!
Repasso com solidária revolta!
Prezado amigo! Sou professor de Física, de ensino médio de uma escola pública em uma cidade do interior da Bahia e gostaria de expor a você o meu salário bruto mensal: R$650,00. Eu fico com vergonha até de dizer, mas meu salário é R$650,00. Isso mesmo! E olha que eu ganho mais que outros colegas de profissão que não possuem um curso superior como eu e recebem minguados R$440,00. Será que alguém acha que, com um salário assim, a rede de ensino poderá contar com professores competentes e dispostos a ensinar? Não querendo generalizar, pois ainda existem bons professores lecionando, atualmente a regra é essa: O professor faz de conta que dá aula, o aluno faz de conta que aprende, o Governo faz de conta que paga e a escola aprova o aluno mal preparado. Incrível, mas é a pura verdade! Sinceramente, eu leciono porque sou um idealista e atualmente vejo a profissão como um trabalho social. Mas nessa semana, o soco que tomei na boca do estomago do meu idealismo foi duro!
Descobri que um parlamentar brasileiro custa para o país R$10,2 milhões por ano... São os parlamentares mais caros do mundo. O minuto trabalhado aqui custa ao contribuinte R$11.545,00.
Na Itália, são gastos com parlamentares R$3,9 milhões, na França, pouco mais de R$2,8 milhões, na Espanha, cada parlamentar custa por ano R$850 mil e na vizinha Argentina R$1,3 milhões.
Trocando em miúdos, um parlamentar custa ao país, por baixo, 688 professores com curso superior!
Diante dos fatos, gostaria muito, amigo, que você divulgasse minha campanha, na qual o lema será:
'TROQUE UM PARLAMENTAR POR 344 PROFESSORES'. Repassar esta mensagem é uma obrigação, é sinal de patriotismo, pois a vergonha que atualmente impera em nossa política está desmotivando o nosso povo e arruinando o nosso querido Brasil. É o mínimo que nós, patriotas, podemos fazer.

sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Ao Rei, tudo...

Arrecadação federal segue batendo recorde no Brasil
A Receita Federal arrecadou um total de R$ 67,973 bilhões em julho, recorde para o mês. O montante inclui os impostos e contribuições federais e as contribuições previdenciárias ao Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS).
Na comparação com junho (R$ 61,494 bilhões, com ajuste pelo IPCA), foi verificada alta real de 10,54%. Em relação a julho de 2009 (R$ 61,372 bilhões, corrigidos), houve aumento real foi de 10,76%.
Considerando apenas impostos e contribuições federais (receita administrada), a arrecadação de julho totalizou R$ 45,624 bilhões. Houve elevação real de 8,97% ante junho (R$ 41,868 bilhões, corrigido pelo IPCA), e de 9,23% no comparativo com julho de 2009 (R$ 41,77 bilhões).
As receitas previdenciárias, por sua vez, somaram R$ 18,589 bilhões, com elevação real de 1,31% contra junho (R$ 18,348 bilhões) e de 12,52% no confronto com julho do exercício anterior (R$ 16,521 bilhões).
As demais receitas (recolhimentos extraordinários, como royalties de petróleo e outras arrecadações atípicas) atingiram, em julho, R$ 3,759 bilhões, com avanço real de 194,3% em relação a junho. Considerando o comparativo com julho do calendário passado, foi verificado avanço real de 22%.

Divulgação

Conheça o site da "Transparência Brasil", organização autônoma e independente dedicada a combater a corrupção. www.transparencia.org.br/

Do Canindé

Portuguesa e Brahma realizam ação para a torcida antes do jogo contra o Paraná
O torcedor que vier ao Canindé para a partida contra o Paraná Clube, nesta sexta feira (01), às 21 horas, pela 26ª rodada da Série B, terá uma atração a mais.
Em parceria com a Brahma, a Portuguesa realiza uma ação interativa com os torcedores. Em frente à Loja do Toca do Leão será disponibilizado um caminhão da cervejaria, onde estarão disponíveis atrações como "futebol de robô", Nintendo Wii e chute ao gol, além do sorteio de brindes. "Nesse jogo nós queremos dar uma atração a mais para o nosso torcedor. Trata-se de uma ação para toda a família e acredito que todos irão se divertir", declarou Fábio Porto, gerente de marketing da Rubro Verde.
Compareça e divirta-se antes do jogo da Portuguesa!!

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Serviço

Procon disponibiliza cadastro contra telemarketing indesejado
A Fundação Procon-SP disponibiliza, desde de março deste ano, um canal em seu site para o consumidor se inscrever no “Cadastro para Bloqueio do Recebimento de Ligações de Telemarketing” , conforme estabelecido pela Lei 13.226/08, regulamentada pelo Decreto Estadual 53.921/08.
O consumidor já pode cadastrar, sem custo, números de telefones fixo ou móvel, do Estado de São Paulo, que estiverem em seu nome. Após 30 dias da inscrição, as empresas ficam proibidas de ligar, a não ser que tenham autorização por escrito (o padrão para essa autorização também está disponível no site).“A legislação fortalece o poder de escolha do consumidor.
Quem não deseja receber ofertas de produtos e serviços agora passa a ter a opção de não ser incomodado em seus telefones. Já quem gosta não precisa fazer o cadastro”, salienta o diretor-executivo da Fundação Procon-SP, Roberto Pfeiffer. No espaço disponibilizado pela fundação, o consumidor (pessoa física ou jurídica) poderá, além de bloquear ou desbloquear linhas telefônicas, registrar reclamação contra alguma empresa que tenha desrespeitado o bloqueio. Nesse caso, as punições previstas são de acordo com o artigo 57 do Código de Defesa do Consumidor.
As empresas de telemarketing, por sua vez, terão um ícone para se cadastrar e, assim, poder consultar os números dos consumidores que não desejam receber ligações – os demais dados serão mantidos sob sigilo. As empresas de outros estados também ficam proibidas de efetuar ligações para os números bloqueados.
O Procon-SP elaborou um folder contendo algumas perguntas e respostas visando a um melhor esclarecimento do funcionamento deste cadastro e, também, um passo a passo de como o consumidor poderá acessar e cadastrar seu telefone. Este material estará disponível no site e nos postos de atendimento pessoal do órgão.
Confira: http://www.procon.sp.gov.br/BloqueioTelef/

Festa folclórica na Casa Ilha da Madeira

FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE
A Diretoria da Casa Ilha da Madeira de São Paulo, tem a honra de convidar V.S e Ilma família para participarem do FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE
DIA: 17 DE OUTUBRO A PARTIR DAS 13 HORAS
Apresentação do Grupo Adulto e do Grupo Infanto Juvenil da Casa Ilha da Madeira e convidados. Comidas Típicas: Caldo Verde, Espetada, Bolo de Mel, Bolo do Caco, Doces Típicos e muito mais...
SORTEIO DE VÁRIOS BRINDES
Caro Amigo Madeirense, venha prestigiar a sua Casa Ilha da Madeira
PROXIMO EVENTO: 07/11/10 FESTA DE SÃO MARTINHO
Casa Ilha da Madeira Rua: Casa Ilha da Madeira, 214 Vila Amália 02441-180 São Paulo – SP (Alt. do nº 2900 da Av Parada Pinto) Fone / Fax: (11)2231-8818 / (11) 2231-0922 http://www.casailhadamadeira.org.br/
E-mail: casailhamadeira1@uol.com

Exposição em São Paulo

Fernando Pessoa - Duas Leituras
O Espaço Cultural da Casa de Portugal – São Paulo , tem a honra de convidá-lo para o vernissage da exposição – Fernando Pessoa - Duas Leituras – do consagrado artista , Laerte Agnelli .
Casa de Portugal – São Paulo –Av. Liberdade , 602 –Liberdade Fones : 11 32095554 Abertura : Dia 22 de Setembro a partir das 19 horas . Maria dos Anjos Oliveira –Coordenadora

Artigo

A reflexão que conduz ao autoconhecimento
Autor: Nelson Tanuma
O conhecimento acerca de nosso potencial e de nossas limitações são fundamentais, é preciso saber onde você está, para poder descobrir como se faz para chegar onde você quer, e, nesse processo de crescimento você precisará manter o seu equilíbrio interior para saber como agir de maneira correta diante de diferentes situações e pessoas. O autoconhecimento lhe permitirá ter uma percepção mais ampla acerca dos próprios valores e da forma como você interage com as pessoas, portanto, ao reconhecer suas forças e aceitar suas fraquezas você estará à caminho do seu crescimento, e isso dará trará maior autocontrole e satisfação interior. A fascinante jornada chamada busca interior lhe proporcionará a autoconfiança, que pode ser traduzida na expectativa, consciência e fé na sua própria capacidade de realização, e nos poderes do seu subconsciente, também chamadas de inconsciente. O inconsciente ou subsconsciente é a camada mais profunda da mente humana; é como se fosse a parte oculta do enorme bloco de gelo que flutua nos águas geladas das regiões polares chamado iceberg, o inconsciente pode ser representado pela parte que fica abaixo da linha da água; é a menos usada e a mais poderosa. Cuidado, pois um iceberg foi responsável pelo naufrágio do transatlântico Titanic, que, até então, era considerado insubmergível pelos seus criadores e especialistas da época. Tudo que fazemos de forma automática pela força do hábito é comandado pela mente subconsciente. É como dirigir um automóvel enquanto se pensa na vida. Mahatma Ghandi já nos alertava sobre o fato de que nossos pensamentos geram ações, que praticadas de forma reiterada criam o hábito, que forma e consolida o nosso caráter, e ao final, determina qual será o nosso destino. Hoje, mais do que nunca, percebemos a importância que a sinceridade e os valores e princípios morais têm em nossas vidas e no desdobramento de nosso destino. O dramaturgo William Shakespeare que se imortalizou com importantes obras como “Romeu e Julieta” e “Hamlet”, disse certa vez: “Para teu próprio proveito, sê verdadeiro”. O grande líder pacifista Mahatma Ghandi, responsável pelo movimento que libertou a Índia do domínio inglês com o uso da estratégia da não violência, deixou a lição de que somos nós os agentes da mudança que desejamos ver no mundo, pois tudo parte de nós e a nós retorna. Ghandi pensava e agia em conformidade com a lei mental e transpessoal da causa e efeito, onde a sabedoria e equilíbrio aplicados na interação humana produzem resultados positivos e pacificadores. A figura íntegra e as atitudes de Ghandi geravam forte empatia em seus adversários, provocando insights capazes de provocar mudança imediata na forma de pensar e agir. Ao tornar-se agente da mudança, você passa a se envolver, a se emocionar e orgulhar-se de suas escolhas, e tudo isso faz nascer a vontade de ajudar as pessoas a se desenvolverem, e assim você dá início ao processo de aprendizagem contínuo e gratificante. A única coisa que podemos dar a outrem sem perdas é o conhecimento. O conhecimento tem efeito multiplicador de benefícios, a troca de conhecimentos é uma verdadeira negociação ganha-ganha em que ambas as partes saem vitoriosas e satisfeitas, gerando o chamado círculo virtuoso. A expansão da consciência humana, no sentido transcendental do cosmos tem o seu start no autoconhecimento. Distribua conhecimento, divida seu conhecimento. No ato de aprender e ensinar, se encontra o segredo do desenvolvimento humano.
site fonte: http://nelsontanuma.com.br/emailmkt/link.php?M=3778864&N=401&L=1&F=H

UNIÃO DAS CÂMARAS DE COMÉRCIO EXTERIORES DO PARANÁ - REUNIÃO NO SENAC-FECOMÉRCIO

Nova e importante reunião das Câmaras de Comércio exteriores foi realizada no SENAC, organizada sob coordenação de Rui Lemes, diretor de Produtos e Serviços da Câmara de Comércio Exterior da FECOMÉRCIO-Federação do Comércio do Estado do Paraná. Participaram representantes das Câmaras da Alemanha, AmCham (Câmara Americana), Argentina, França, Itália, Índia, Japão, Paraguai, Portugal, Polônia, Uruguai e China, bem como outras entidades oficiais. Foram feitas valiosas apresentações das atividades do sistema FECOMERCIO - SESC e SENAC do Paraná, - do CNC Equifax (Atendimento para os associados das Câmaras-Federação do Comércio) e várias palestras como: “Temas Atuais no Comércio Internacional”, por Alexandro Ferreira, da Asia Shipping; “Comércio Exterior –Vertente Importação”, por Paulo Nobrega, do Banco do Brasil; e “Certificação Digital”, por Flávia Bora. Houve também apresentação dos cursos do SENAC, disponíveis para os associados das Câmaras de Comércio Exterior.

Show Musical

Tereza Salgueiro no Brasil
INGRESSOS PROMOCIONAIS À VENDA INFORMAÇÕES 11 3803-9964 NA CASA DE PROTUGAL SP DE 27/09 A 02/10

quinta-feira, 11 de março de 2010

PT e TMN lançam Campanha de Solidariedade a favor das vítimas do sismo no Haiti

Em resposta ao sismo que recentemente assolou o Haiti, a PT solidariza-se com as vítimas da catástrofe registrada neste país das Caraíbas e lança uma Campanha de Solidariedade PT que desafia os seus clientes a sentirem-se mobilizados por esta causa e a corresponderem ao apelo lançado pelo Haiti e a comunidade internacional através da realização de uma simples chamada telefónica.
A PT e a TMN disponibilizam, desde 26 de janeiro, um número para o qual os seus clientes podem ligar a partir do telefone fixo ou do telemóvel: 760 206 206. Cada chamada realizada para o 760 206 206 apresenta o valor de 60 cêntimos (+ IVA), que reverterá a favor de Organizações Não Governamentais (ONGs) com missões no Haiti: a AMI, a Cruz Vermelha e os Médicos do Mundo. Todos os clientes PT que ligarem para o 760 206 206 multiplicarão a quantia que ajudará as diferentes ONGs a fazer a diferença no Haiti, nomeadamente através da distribuição de bens de primeira necessidade, como gêneros alimentícios, medicamentos ou abrigos.
De recordar que, no final de 2009, no âmbito da sua estratégia de responsabilidade social, a PT associou-se à AMI no combate a dengue em Cabo Verde, numa operação que se saldou positiva já que contribuiu para amenizar as consequências e promover a prevenção da epidemia. Quando um tsunami devastou na passagem de 2004 para 2005 o Sudeste Asiático, a PT lançou através da TMN também uma campanha de solidariedade com contornos idênticos, permitindo ajudar as ONGs no terreno. Estes são exemplos sólidos de que a união em torno de uma mesma causa pode ajudar a contrariar as repercussões devastadoras de uma hecatombe. (Divulgou o site "paispositivo.org).

Hipismo: Adestramento retoma seletivas para o Mundial 2010

Thaisa Tavares de Almeida e Riopele: em busca do 2º índice e sonho de integrar a equipe brasileira de Adestramento nos Jogos Equestres Mundiais de 2010 ao lado da irmã e amazona olímpica Luiza Almeida. Leandro A. Silva e Oceano do Top: conjunto olímpico pode definir 2º índice rumo Mundial de Kentucky, EUA, nesta sexta-feira.
A busca por uma vaga na equipe de Adestramento que representará o Brasil nos Jogos Equestres Mundiais de Kentucky, Estados Unidos, recomeça nesta sexta-feira, 12 de março, no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo (SP), palco do primeiro de três Concursos de Dressage Internacional, categoria 3 estrelas (CDI3*) que serão realizados até final de maio. A prova válida para seletiva é o Grand Prix “B” agendado para as 14h00.
Para conquistar a pré-qualificação o conjunto (cavalo/cavaleiro) precisa alcançar um índice mínimo de 64% em nota atribuída por juiz de nível olímpico da Federação Equestre Internacional (FEI). Nesta seletiva duas juizas tem esta atribuição: Katrina Wuest, da Alemanha, e Elizabeth McMullen, do Canadá. Atuarão, ainda, no júri, Cel. Salim Nigri, Claudia Moreira mesquita e Sabine Bilton, pelo Brasil.
Os pré-qualificados
Em 2009 foram realizadas 5 seletivas no Brasil, onde três conjuntos alcançaram os dois índices necessários: Luiza Tavares de Almeida montando Samba e Rogério Silva Clementino com duas montarias, Nilo VO e Portugal. Competindo fora do Brasil a amazona mineira Renata Costa Rabello montando Ludewig G também já assegurou dois índices. Na seletiva desta sexta-feira dois conjuntos podem confirmar o segundo índice e a pré-qualificação: Thaisa Tavares de Almeida montando Riopele e Leandro Aparecido da Silva com Oceano do Top.
A programação do CDI3* compreende também outras provas: na sexta acontece no período da manhã o Prix St. George, no sábado, 13, o Grand Prix Special e Intermediária I e no domingo, 14, o Freestyle – prova com coreografia e música – das séries Intermediária I e Grand Prix.
Freestyle é tema de palestra
Juíza Internacional 5 estrelas e considerada uma das maiores autoridades quando o assunto é Freestyle, a alemã Katrina Wuest - presidente do júri no CDI - estará ministrando uma palestra logo depois da prova seletiva para o Mundial, o Grand Prix B, na tarde desta sexta-feira.
“Requisitada mundialmente como juíza apta a qualificar os conjuntos para os grandes eventos internacionais e por sua importante contribuição quanto ao conceito e à evolução do Freestyle, Katrina Wuest representa uma oportunidade única de adquirir mais conhecimento sobre este tipo de prova, que se tornou o carro chefe das apresentações de Adestramento, pela sua beleza, dinâmica e criatividade, integrando a música nas apresentações técnicas e artísticas”, comenta Sabine Bilton, coordenadora da palestra.
Concurso de Adestramento Nacional
Paralelamente às disputas do CDI3* a Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) promove um Concurso de Adestramento Nacional (CAN) com participação de atletas que competem em diferentes categorias nas series Pôneis, Elementar, Preliminar, Média I e II, Forte I e Cavalos Novos de 4, 5 e 6 anos.
Eventos abertos ao público, o CDI3* e o CAN tem promoção da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH) e organização da Federação Paulista de Hipismo (FPH). O Clube Hípico de Santo Amaro fica na Rua Visconde de Taunay, 508, bairro de Santo Amaro, na Capital paulista.

HISTÓRIA DA IMIGRAÇÃO

Arquivo Público resgata a história da imigração no Estado de São Paulo
Com a digitalização de documentos oficiais dos Núcleos Coloniais do Estado, descendentes de imigrantes e pesquisadores têm acesso ao acervo pela internet
O Arquivo Público do Estado de São Paulo acaba de disponibilizar ao público cerca de 40 mil páginas de documentação sobre a história da imigração em território paulista. A iniciativa irá auxiliar estudantes e pesquisadores a saberem um pouco mais sobre a história de imigração no estado, além de ajudar os descendentes de imigrantes a conhecer a história de suas famílias. A documentação pode ser acessada pelo site www.arquivoestado.sp.gov.br/imigracao
Neste site é possível pesquisar os imigrantes citados nos documentos referentes aos Núcleos Coloniais do Estado de São Paulo, estabelecidos no final do século XIX e início do século XX, no âmbito da política de incentivo à imigração de europeus para o Brasil. Basta escrever o nome do imigrante e todos os documentos referentes a ele serão visualizados pelo usuário. Aos interessados em obter cidadania estrangeira, o Arquivo Público do Estado fornece certidões para finalidades jurídicas, serviço prestado por funcionários especializados na leitura e transcrição paleográfica de documentos.
Também é possível visualizar outros documentos, como certidões de batismo e casamento, passagens, passaportes, jornais produzidos por imigrantes no Brasil, cartas, listas de bordo e outros documentos relativos a imigrantes que vieram ao estado de São Paulo em diferentes períodos de nossa história. Parte dos documentos foi extraída do Fundo da Secretaria da Agricultura, Comércio e Obras Públicas, que concedia lotes de terras aos colonos recém-chegados ao país.
O agrupamento desta documentação foi realizado na página “Imigração em São Paulo” que tem por objetivo divulgar a riqueza documental do acervo do Arquivo Público em relação ao tema da Imigração. Neste espaço, os pesquisadores também encontram indicações de textos publicados pelo Arquivo Público do Estado sobre o processo migratório no estado. Uma exposição virtual sobre a imigração em São Paulo foi desenvolvida a fim de estimular o uso de documentos históricos como recurso pedagógico e estimular o debate sobre o tema em sala de aula.
História
A implantação dos Núcleos Coloniais ocorreu em diversos locais do interior do estado, como Campinas, São Bernardo do Campo, Guaratinguetá, Ibitinga, Iguape, Mogi das Cruzes e Ribeirão Preto, entre outros. Foram estabelecidos em terras do estado e loteados entre os imigrantes. A principal atividade era a agricultura para a produção de alimentos, que eram vendidos para os mercados locais. Ao contrário de outras regiões do país, os núcleos coloniais paulistas não tinham o objetivo de povoar a região, e sim de obter mão-de-obra complementar às grandes fazendas.
O tratamento técnico da documentação dos Núcleos Coloniais do Estado de São Paulo teve início com o projeto Presença do imigrante na memória nacional: preservação e divulgação do conjunto documental dos Núcleos Coloniais da Região de Campinas (1886-1922), que contou com o apoio financeiro do BNDES e incluía a higienização, restauração, microfilmagem e divulgação de documentos dos Núcleos Coloniais de Campos Sales, Nova Veneza e Nova Odessa na internet. Hoje, por iniciativa do Arquivo Público, pesquisadores e descendentes de imigrantes têm acesso a toda documentação dos Núcleos Coloniais que compõem o acervo da instituição.
Sobre o Arquivo Público do Estado de São Paulo
O Arquivo Público do Estado de São Paulo é um dos maiores arquivos públicos brasileiros. Vinculado à Casa Civil, sua função é formular uma política estadual de arquivos e recolher, tratar e disponibilizar ao público toda documentação de caráter histórico produzido pelo Poder Executivo Paulista. A instituição mantém sob sua guarda aproximadamente 6 mil metros lineares de documentação textual permanente, 17 mil metros de documentação intermediária, 900m de material iconográfico, grande quantidade de jornais e revistas e uma biblioteca de apoio à pesquisa com 45 mil volumes.
Visite nossa sala de imprensa:
www.arquivoestado.sp.gov.br/imprensa

quarta-feira, 10 de março de 2010

LÍNGUA PORTUGUESA

António Braga reforça o valor da língua portuguesa
O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas António Braga defendeu a valorização da língua portuguesa e convidou todos os países da CPLP, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, a "redobrarem os esforços" no ensino e difusão da língua portuguesa, para que esta se possa afirmar plenamente nas organizações internacionais.
"É uma língua global. Uma língua de múltiplos espaços - europeu, africano, asiático, que ainda se procura afirmar plenamente em organizações e organismos internacionais. É importante para todos nós redobrar os esforços", disse Braga durante a sessão plenária da Assembléia Parlamentar dos países lusófonos (AP-CPLP), que decorre até quarta feira em Lisboa.
A língua portuguesa, o novo acordo ortográfico e o papel do Instituto Internacional de Língua Portuguesa (IILP), com sede em Cabo Verde, são os principais temas em debate na sessão plenária da AP-CPLP, na AR.
O governante português lembrou que a língua portuguesa "constituiu-se com um pilar essencial" da CPLP e que a sua "crescente influência no plano internacional, ligada a múltiplos matizes geopolíticas, reforça o seu peso agregador". António Braga reconheceu o contributo do IILP, considerando que, "com o novo enquadramento jurídico e reforço do apoio político e institucional por parte de todos", estão reunidas as condições para que "o Instituto cumpra a sua verdadeira missão de instrumento fundamental na comunidade enquanto veículo de conhecimento e na promoção da língua portuguesa".
Quanto à projeção da língua portuguesa no mundo, o secretário lembrou que será realizada no final deste mês em Brasília uma conferência internacional sobre o futuro da língua portuguesa no sistema mundial e também uma sessão extraordinária do conselho de ministros da CPLP para "analisar propostas sobre estratégias de promoção e difusão da língua portuguesa e da sua utilização nas organizações internacionais", acrescentou.
António Braga revelou que estas propostas "constarão de um relatório elaborado por peritos", onde também será abordado o estatuto e o estado de desenvolvimento do Acordo Ortográfico (AO), felicitando o Brasil pelos esforços desenvolvidos "para a sua organização", disse destacando ainda o "valor propriamente econômico da língua", o relacionamento íntimo entre o mundo das línguas e dos negócios. (Com agências).

Uganda: padre exibe filme pornô na igreja

Um padre ugandês passou um filme pornográfico protagonizado por homossexuais na sua igreja perante uma platéia de cerca de 300 fieis, divulgou hoje o site “bomdia.lu” (http://www.bomdia.lu/) de Luanda.
Segundo a matéria, esta atitude veio no seguimento da discussão de um projeto de lei que pretende aplicar a pena de morte a determinados comportamentos homossexuais. “Em África tudo o que se faz em casa afeta o nosso clã, afeta a nossa tribo, afeta o nosso país” declarou o padre Martin Ssempa no programa “Network África” da estação televisiva BBC.
Ssempa argumentou que é importante sensibilizar os cidadãos do Uganda para a questão da homossexualidade e que o filme pornográfico teve o intuito de fazer a população apoiar a aprovação da nova lei. A atitude polêmica do clérigo já foi alvo de duras críticas por parte da Comissão Internacional dos Direitos dos Gays e Lésbicas. Mônica Mbaru, da referida Comissão, condenou a atitude do padre e afirmou, também na BBC, que Ssempa “precisa de ajuda médica”. Atualmente, a homossexualidade é ilegal no país e é punida com pena de prisão. A nova lei, a ser aprovada, vai permitir a punição pela pena de morte.
Se essa moda pega...

INTERNET

Plano Geral de Banda Larga será desenvolvido até 2014 e vai usar redes da Telebrás
(Do Portugal Digital)
Brasília - O Plano Geral de Banda Larga, que está em elaboração pelo governo, não será implementado totalmente neste ano. Segundo o ministro da Secretaria de Comunicação do Palácio do Planalto, Franklin Martins, “o plano é para 2014”.
Durante audiência pública na Comissão de Ciência e Tecnologia do Senado, o ministro disse que “o plano está sendo concebido para ir até 2014 e é evidente que não será todo realizado este ano. É evidente que parte dele será feito este ano.” De acordo com ele, o plano de banda larga não pode ficar restrito a apenas alguns segmentos da sociedade. “A banda larga não é luxo. Banda larga é feito alfabetização. Todo mundo tem que ter, todo mundo tem que ter acesso a informação, aos conteúdos, às trocas que existem na banda larga.”
Martins disse ainda que o governo vai usar as redes de fibra óptica que pertencem à Telebrás. Isso, assinalou, poderá ser usado para “aumentar a competição, derrubar preços e fazer com que os serviços fiquem mais baratos na ponta”.
O coordenador do Plano Geral de Banda Larga, Cezar Alvarez, disse que a proposta deverá ser apresentada ao presidente Lula na primeira quinzena de abril. “No final do mês, será instalada a mesa permanente que coordenará a execução do projeto.”
Do Editor
---------------------------------
Demorou muito para o governo brasileiro crescer sua atitude neste segmento. Se criou no Brasil uma máfia empresarial que liga os setores de telefonia, TV a cabo e Internet. Os serviços são os piores, no caso da Internet trata-se de um dos piores serviços do mundo, o atendimento compete palmo a palmo com os serviços, usa-se de má fé com os assinantes, mas cobra-se muito caro pelos horrendos serviços. E pior: quem não paga que fique sem nada! Ou seja, é isso ou nenhum.
Espera-se que este projeto do governo brasileiro não fique emperrado por pressões empresariais, que levem realmente a sério e coloquem, ao menos na área tecnológica algum freio nesses esfomeados grupos (a maioria europeu) para que passem a respeitar o consumidor ou que sumam do país de uma vez por todas.
Curiosamente a maioria desses grupos arrebentaram de ganhar dinheiro no bondoso mercado brasileiro mas em seus países impera o desemprego e a quebradeira na economia é comum. Se eles vem desses mercados, quem garante que lá mamaram tudo que tinha e agora estão, como vírus, instalados e bem acomodados por aqui.
Que o governo abra o olho...

Justiça brasileira condena Battisti por uso de documento falso

A Justiça Federal do Rio de Janeiro condenou o italiano Cesare Battisti a dois anos de prisão em regime aberto por uso de documento falso. O ex-militante comunista, alvo de um pedido de extradição do governo da Itália, foi preso pela Polícia Federal do Brasil em março de 2007 com um passaporte falsificado. Essa condenação pode levar ao adiamento da extradição do italiano.
Na sentença o juiz Rodolfo Kronemberg Hartmann, da 2ª Vara Criminal Federal do Rio, converteu a pena de Battisti para prestação de serviços comunitários. Segundo o advogado André Andrade Viz, que o defende nesse processo, a defesa deverá entrar com recurso.
A condenação de Battisti pode influenciar a decisão do presidente Lula sobre a entrega do italiano a seu país de origem, onde foi condenado à prisão perpétua pela suposta participação em quatro homicídios no fim da década de 70 - ele nega os crimes e diz ser vítima de perseguição política.
Em dezembro do ano passado, o STF (Supremo Tribunal Federal) autorizou a extradição de Battisti. Por 5 votos a 4, a Corte decidiu anular o refúgio político que havia sido concedido ao italiano pelo então ministro da Justiça, Tarso Genro.
Após a decisão do Supremo, passou a ser de Lula a responsabilidade de dar a palavra final sobre o destino de Battisti. O presidente pode simplesmente negar o pedido do governo italiano, mas terá que justificar essa decisão de acordo com os termos do Tratado de Extradição entre Brasil e Itália. Outra possibilidade - reforçada pela sentença da Justiça Federal - é a do adiamento da entrega de Battisti. Nesse caso, ele permaneceria no Brasil até o término do processo ou do cumprimento da sentença. Lula já afirmou que aguardará a publicação do acórdão da decisão do STF para definir sua posição. Entretanto, isso ainda não ocorreu. (Divulgou o site “Última Instância”).

MRA projeta abrir escritório nos Emirados Árabes

A Miguel Reis & Associados (MRA), firma de advogados full service, vocacionada para a prestação de serviços jurídicos de qualidade, presente em Portugal, no Brasil, na Índia, etc; projeta agora a instalação de um front-office nos Emirados Árabes Unidos, de modelo semelhante ao que instalou recentemente em Newark, segundo divulgou o Dr. Miguel Reis nesta segunda feira.
O público alvo de tal escritório são os portugueses oriundos do antigo Estado da Índia e os imigrantes portugueses e brasileiros. Em complemento com esse projeto, a MRA tem em preparação uma equipe que poderá assistir esses clientes por videoconfêrencia em Lisboa, a partir das 6:00 am (10:00 am do Golfo). O Dr. Miguel Reis estará nos próximos dias em Abu Dhabi e no Dubai, onde manterá conversações relacionadas com esse projeto.

Rali Torrié

Campeonato de Portugal de Ralis 2010
Numa altura de algumas indefinições no arranque para mais uma época, a ARC Sport está confiante com o novo panorama para 2010. Depois de dois títulos consecutivos alcançados por Adruzilo Lopes no Agrupamento de Produção (2008 e 2009), a equipe de Aguiar da Beira congratula-se com as novas apostas para a temporada que agora começa.
Ricardo Moura revalidou o título de Campeão de Ralis dos Açores, e regressa este ano ao palco nacional da especialidade. Um piloto que conseguiu evoluir muito com a experiência da época passada, sendo nítida a sua competitividade e vontade de vencer. O Campeão dos Açores já não é uma revelação, mas sim uma certeza, voltando a contar com o Mitsubishi Lancer Evo IX.
O Subaru Impreza campeão na época passada, vai continuar a lutar pelo título, mas agora com Vítor Lopes ao volante. Com as novas especificações da Prodrive, o Subaru da ARC Sport fica este ano entregue a Vítor Lopes e Hugo Magalhães. Para tentar algo diferente, e depois de ter colecionado diversos títulos nacionais, Adruzilo vai voltar a tripular um carro que muito bem conhece e que ajudou a desenvolver. O regresso ao Renault Clio R3 construído pela ARC Sport, após dois excelentes resultados alcançados em 2007, é mais um grande desafio para o prestigiado piloto.
“Estou muito contente por voltar a tripular o Renault, numa altura em que a situação econômica do país está bastante difícil. Vamos tentar um novo campeonato, com um carro diferente que ajudei a evoluir e que conheço muito bem. Estou motivado por continuar ligado a uma boa equipa como a ARC Sport, onde tenho grandes amigos (...). A mudança acaba por nos trazer outras motivações, ainda por cima com duas provas do IRC nos Açores e na Madeira. A edição deste ano do Rali Torrié é totalmente nova para todos os concorrentes, o que não deixa de ser um aliciante que nos motiva ainda mais”, afirma com entusiasmo Adruzilo Lopes. Para a ARC Sport, estes novos desafios contribuem com uma dose de entusiasmo bastante forte. Com a habitual coesão entre todos os membros da equipe, a época de 2010 é encarada com muito otimismo.

Luiza Tavares de Almeida na Final da Copa do Mundo do Adestramento

Luiza Tavares de Almeida e Samba (por Ney Messi/cedida ABPSL)

A amazona paulista faz parte do seleto grupo de 15 atletas do Adestramento - modalidade do hipismo -, representantes de 9 países que disputam a Final do FEI World Dressage Cup em 's-Hertogenbosch, Holanda, entre 25 e 27 de março. É a primeira vez que a América do Sul marca presença no evento.

Para reivindicar vaga na competição o atleta precisa registrar dois índices acima da 68,000% com juizes de nível olímpico no Freestyle – prova com coreografia e música – em dois Concursos de Dressage Internacional, categoria 3 ou mais estrelas. Luiza e Samba registraram quatro notas em dois eventos realizados em São Paulo: em outubro, no Clube Hípico de Santo Amaro, com a canadense Elizabeth Mcmullen (70,00%) e com a mexicana Maribel Alonso (70,750%), e em novembro, na Sociedade Hípica Paulista, novamente com Alonso (70,250%) e com o norte-americano Axel Steiner (69,500%).

Luiza Almeida desembarca na próxima semana em Düsseldorf, na Alemanha, onde participa de uma série de treinos com o belga Johan Zagers, técnico da equipe brasileira de Adestramento nas Olimpíadas de Pequim. Medalha de bronze por equipe no Pan do Rio em 2007 e membro do inédito time de Adestramento que representou o Brasil nos Jogos de Pequim em 2008, Luiza entrou para a história como a mais jovem atleta do hipismo em Olimpíadas. À época tinha 16 anos.

Artigo

AS MALVINAS E A INTROMISSÃO DESCARADA
Bruno Peron - O conflito das Malvinas estimula a retomada do adágio “a união faz a força” pela irmandade da América Latina. Em se tratando do desnível de capacidade bélica entre Argentina e Inglaterra, uma cotovelada nos vizinhos latino-americanos convoca-os a lançar o tema como de importância regional em foros vindouros.
A Inglaterra enviou a plataforma marítima “Ocean Guardian” na intenção de explorar gás e petróleo a 160 km ao norte das Malvinas, cujo arquipélago de três mil habitantes é disputado desde o século XIX pelos dois países, mas ficou sob domínio inglês desde 1833. Os pujantes há muito controlam territórios latino-americanos e ilhas adjacentes. A Inglaterra controla as Malvinas assim como a Pangérica faz em Porto Rico e a França na Guiana Francesa. Discute-se a soberania da Argentina e o espaço de defesa da América Latina.
A estratégia do governo argentino tem sido a de dificultar a ação das empresas inglesas, que se aproximam em consequência da alta do preço de petróleo. A presidente argentina Cristina Fernández passou a exigir autorização oficial de todas as embarcações estrangeiras para que naveguem em águas do país sul-americano.
O esforço da Argentina de frear o apetite inglês é histórico. A guerra de 1982 rendeu a baixa de 649 argentinos e 255 britânicos e a derrota dos anseios de recuperação do território pelos argentinos. O governo do ex-presidente Néstor Kirchner, para citar uma ação mais atual, fez campanha pela retomada das Malvinas.
É legítima a defesa dos recursos naturais na área marítima por parte da Argentina, ao mesmo tempo em que surgem boatos inoportunos de que a presidente Cristina Fernández tentou desviar a atenção de problemas internos, como o aumento da inflação e o uso das reservas do Banco Central. Qualquer crítica nesta direção desconsidera que os países latino-americanos estão sempre atolados nalgum impasse ou problema e que, a despeito deste diagnóstico, devem travar certames a favor da soberania e do resgate da dignidade de seus povos humilhados e avassalados.
A Argentina e a Inglaterra estão dispostas a dialogar sobre as Malvinas, apesar de a segunda dar por encerrado o debate sobre a legitimidade de sua posse sobre as ilhas, cuja renda provém boa parte da pesca. Um conflito armado é pouco provável pelo desnível das forças envolvidas. O litígio não impede que a Argentina alimente o seu desejo de restituição do território por meio da condução do tema a um foro latino-americano de debates envolvendo representantes políticos de tomada de decisões importantes, como o Grupo do Rio ou o Conselho Sul-Americano de Defesa, que ainda não se consolidou. A montagem de uma estrutura própria de discussões e ações sobre temas latino-americanos por governos progressistas na região começa a surtir efeito e a chacoalhar a base que, por séculos, sustentou a ganância dos países pujantes.
A Argentina não vê opção melhor que a união latino-americana para expulsar os corsários destas latitudes de onde muito sangue jorrou sob os mandos de forasteiros. As Malvinas são uma mostra da permanência de práticas colonialistas e imperialistas.
Cercados por navios de guerra e bases militares da Pangérica, a saída do mais fraco é resistir. Em mais uma prática desestabilizadora, a Pangérica convida o Uruguai a firmar tratados de livre comércio enquanto este país é fundamental para a continuidade do Mercado Comum do Sul (MERCOSUL).
Embora a retórica seja a da paz, cujo prêmio Nobel foi estupidamente concedido ao estadista dúbio e infrutífero Barack Obama em função de mamulengo, a Pangérica militariza nossa região e a Inglaterra envia uma plataforma de prospecção de gás e petróleo como se fossem os donos do pedaço. Basta de intromissão descarada. As Malvinas pertencem à Argentina.
Bruno Peron Loureiro é mestre em Estudos Latino-americanos.